logo Gusmão
Fale Conosco

(11) 3998-2020

Como escolher um cortador de vidro?


 

O processo de corte é uma das mais importantes etapas de preparo do vidro para a instalação, pois por meio dele o vidro adquire o tamanho e o formato desejados. Há equipamentos e mesas automáticas com alta tecnologia disponíveis no mercado, mas em boa parte das vidraçarias o instrumento mais utilizado ainda é o bom e velho cortador de vidro manual. 

 

Para realizar o corte manual do vidro existem ferramentas especialmente desenvolvidas para este fim. É importante entender como funciona o produto para poder escolher o mais eficaz, que garanta um corte preciso e acabamento perfeito. Um cortador de vidro ruim pode comprometer o resultado final e gerar desperdícios do material.   

 

Os cortadores de vidro manuais permitem trabalhar variados tipos de vidro, do comum aos refletivos, laminados e coloridos. Há diferentes tipos de cortador para vidro. Um deles é o de rolo, indicado para vidros de até 7mm de espessura. Este cortador de vidro é feito de uma liga extremamente dura de cobalto e tungsténio. O número de rolos de corte varia, sendo mais comum os de 4 a 6 pedaços.

 

 

Um dos mais utilizados por vidraceiros é o cortador de vidro com ponta diamantada, que se fixa firmemente no material. É indicado para cortar vidros de até 10mm. Sua vida útil é longa, podendo cortar mais de 10kg de vidro.

 

Há modelos de cortador de vidro para cortes retos ou curvos. O mercado ainda oferece alguns modelos de cortador de vidro com sistema de reservatório de lubrificação, onde são inseridos lubrificantes, como óleo e querosene, através de uma bisnaga dosadora.

 

Se o cortador de vidro for do modelo sem reservatório para lubrificante, vale passar, com a ajuda de pincel mesmo, um pouco de querosene nas pontas para melhorar a eficiência e durabilidade do cortador de vidro.

 

Para vidros finos recomendam-se cortadores com ângulo entre 115 e 120 graus e pressão de aproximadamente 1 kg. Para vidros com espessura de 3 ou 4 mm, são indicados cortadores com ângulos entre 120 e 130 graus e uma pressão entre 3 e 4 kg; e para vidros de 5 e 6 mm de espessura, cortadores entre 130 e 140 graus e uma pressão entre 4 e 5 kg.

 

 

 

A Gusmão possui diversos modelos de cortador de vidro para o corte manual do vidro de marcas reconhecidas mundialmente, como da Mitsuboshi, um dos melhores cortador de vidro do mercado. A empresa tem opções com rodízios ou pontas diamantadas, com ou sem lubrificadores.

 

Presente na ponta do cortador, o rodízio responsável pelo corte nem sempre é de diamante.  Eficientes e duráveis, os cortadores com rodízio de vida (massa compacta composta por metais raros e ligantes como ferro, cobalto e níquel) são cada vez mais comuns no mercado.

 

Dicas para um corte preciso

Depois de escolher um bom cortador de vidro, é importante manuseá-lo corretamente para garantir a precisão no corte. A qualidade do cortador de vidro é determinante para o sucesso do trabalho, mas a abilidade e firmeza do vidraceiro também.

 

O cortador de vidro deve ser segurado firmemente, fazendo uma pinça com o polegar e dedos indicador e médio. Impulsione firme o suficiente para a precisão, porém não tanto para poder fazer o movimento de forma suave. É importante que os vidros estejam limpos, que as áreas a serem cortadas sejam previamente definidas.

 

Com o apoio de uma régua, desliza-se o cortador sobre o vidro, provocando um risco em baixo relevo, formando um esmagamento direcionado na medida desejada. Uma boa mesa de corte e réguas apropriadas complementam o processo. São ferramentas ideais para cortes retos, pois facilitam a operação e permitem alto nível de precisão métrica.

 

O cortador de vidro vai promover uma risca no local em que determinou o corte e, após uma leve pressão, é possível induzir a quebra da peça inteira no ponto indicado. O destaque do vidro deve ser feito logo após o traçado.

 

Depois de destacar o vidro, é importante estar atento às microfissuras que surgem nas bordas. A lapidação é uma etapa fundamental do corte para eliminar essas fissuras, proporcionando um acabamento perfeito e segurança.

 

 

É importante ressaltar o uso de equipamentos durante o corte do vidro para a segurança do profissional, como luvas e mangotes anticorte, avental anticorte de corpo inteiro e óculos de proteção.

 

Ferramenta pequena, com medida em torno de 15cm, semelhante a uma caneta, o cortador de vidro é fácil de ser transportado e deve sempre estar a mão de um profissional que trabalha com vidro para a realização de pequenos ajustes.

 

 

 

 


Comentários